Sistema-de-informações-gerencias

Sistema de Informações Gerenciais: conheça os benefícios

Atualizado em 09/06/2021
Por Pedro Mendonça

Sistema de Informações Gerenciais: conheça os benefícios

Atualizado em 09/06/2021
Por Pedro Mendonça
Junte-se a milhares de pessoas

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Empreender não é sinônimo de facilidade, muito pelo contrário. Mesmo tenho conhecimentos aprofundados e expertises práticas na área de administração de empresa, as demandas do cotidiano acabam, por vezes, deixando o dia dos decisores extremamente corrido e ocupado com tarefas operacionais.

Como dito, os decisores perdem muito tempo com funções operacionais e acabam por ter pouco tempo – ou quase nenhum, para analisar informações gerenciais afim de traçar estratégias mais assertivas para o crescimento do seu negócio.

Por essa razão, contar com um sistema de informação gerencial que armazene, trate e forneça dados e informações gerenciais com qualidade, precisão e rapidez, será o diferencial entre o crescimento e a estagnação. 

Sistema de Informações Gerenciais: o que é?

O objetivo central de um sistema de informação é diagnosticar e, posteriormente analisar como e quais os impactos diretos da utilização de tecnologias da informação na elaboração dos processos gerenciais e planejamentos estratégicos.

Por esse motivo, pode-se afirmar que o principal elemento do sistema de informação gerencial é a informação: rápida, qualificada e precisa.

De onde vem as Informações?

Essa é uma pergunta interessante de ser respondida. 

As informações se constroem a partir da relação e interação entre pessoas, sistemas de controle e gestão (comercial e industrial), tecnologias e processos.

As informações gerenciais darão a consistência necessária para alinhar expectativas, traçar metas e elaborar as estratégias de ação e posicionamento no mercado.

Elementos do Sistema de Informações Gerenciais

O sistema de informação pode operar com inúmeros elementos, dentre eles: sistemas de controle e gestão (comercial e industrial), softwares, hardwares, banco de dados e etc.

Nessas opções acima citadas, as informações são armazenadas e tratadas de forma digital, o que facilita o acesso e garante maior precisão.

Pilares do Sistema de Informações Gerenciais

Como dito anteriormente, o sistema de informação gerencial é um grande responsável por produzir, armazenar e tratar as informações da empresa.

Por esse motivo, existem alguns pilares fundamentais que devem ser levados muito a sério no processo de produção e análise dos dados e informações gerenciais, e são eles:

Tempo

Como dito no início do artigo, grande parte dos decisores ficam reféns das rotinas operacionais do seu negócio, o que faz que tenham muita dificuldade em conseguir fazer uma análise estratégica das informações gerenciais. 

Em muitos casos, eles têm dificuldade inclusive de acessar as informações.

Por esse motivo, é de extrema importância que os decisores tenham acesso imediato e sem burocracias as informações gerenciais necessárias.

Controle

Tenha isso em mente: não existem informações e dados gerenciais sem controle. 

Rotinas e processos bem elaboradas, assimiladas e funcionais, permitem ao decisor ter em mãos o controle operacional do seu negócio, e já aprendemos que a relação entre pessoas, processos e tecnologias é a grande responsável por produzir informações de qualidade, seguras e confiáveis.

(H3) Assertividade

O sistema de informações gerenciais deve gerar informações e dados relevantes à empresa, e com esses dados em mãos, os decisores terão o embasamento necessário para estabelecer metas e planejamentos com o objetivo de ganhar assertividade e competitividade no mercado.

Tipos de Relatórios

O sistema de informação gerencial apresenta seus dados e informações através de relatórios, que devem ser utilizados como verdadeiras bússolas gerenciais, ou seja, devem nortear as metas e planejamentos a curto, médio e longo prazo.

Os relatórios que os sistemas de informações gerenciais oferecem são:

Relatórios de Exceção: 

Esse tipo de relatório, como o nome já sugere, é um modelo que apenas é gerado quando o decisor precisa e solicita informações específicas de determinado processo ou transação.

Relatórios Programados:

Os relatórios programados consistem no modelo tradicional – e mais usado, de apresentação das informações gerenciais. Eles têm uma determinada frequência e são tomados para análises rotineiras. 

Relatórios em Pilhas:

São os relatórios em que os dados e informações e gerenciais são empilhados, ou seja, enviados e armazenados na estação de trabalho digital dos decisores, o que faz com que os gestores tenham acesso ao material toda vez que precisarem, ganhando autonomia no processo.

Informes e Respostas por Solicitação

Esse modelo de relatório apresenta as informações de acordo com as solicitações diretas do decisor. Assim sendo, o relatório por informes e respostas por solicitação, apresenta uma visão geral, o que facilita as análises gerais, de forma rápida e objetiva.

Quais os tipos de Sistemas de Informações Gerenciais existem?

Como dito anteriormente, existem vários tipos de dados e informações, e eles operam em níveis diferentes, por esse motivo, existem tipos de sistemas diferentes.

Cada um deles tem suas particularidades, o que possibilita ao decisor optar pela melhor solução para seu empreendimento.

De forma resumida, pode-se afirmar que existem alguns tipos de sistemas de informações gerenciais que são amplamente difundidos e conhecidos pelas empresas. Infelizmente, poucas a utilizam para o planejamento estratégico, limitando-os as rotinas operacionais.

Veja quais são:

ERP – Enterprise Resource Planning

Os sistemas Enterprise Resource Planning, mais conhecidos como ERP, são softwares de controle e gestão comercial e industrial, que opera com os processos, dados e informações gerenciais da empresa.

Em seus módulos são armazenados e organizados os dados e informações.

Os processos que o ERP concentra facilita toda a operação da empresa, uma vez que armazena, organiza e da dinamicidade as informações nele contidas. 

Um exemplo categórico da dinamicidade que um sistema de controle comercial e industrial proporciona a empresa é no momento da venda: assim que o comercial da baixa no pedido de venda, todos os outros departamentos já são acionados. 

Leia mais sobre a importância de contar com um sistema de controle comercial e industrial.

SIG

O SIG, mais conhecido como Sistemas de Informações Gerenciais, são direcionados especificamente para dar suporte e sustentação nas tomadas de decisão. 

São utilizados para o planejamento estratégico, fornecendo dados e informações gerenciais através de planilhas, relatórios e gráficos.

CRM

Os softwares Customer Relationship Management, mais conhecidos como CRM, são sistemas que automatizam os processos e funções que organizam o contato com os clientes, coletando e armazenando contatos e seus históricos comerciais.

 Muitas empresam utilizam o CRM para encontrar organizações parceiras para ações estratégicas que sejam coerentes com o planejamento estratégico traçado, afim de atender necessidades de clientes de forma prévia.

SCM

Os sistemas Supply Chain Management, SCM, tem a função de integrar os processos que dizem respeito a fornecedores, seja de produtos ou serviços.

O software SCM, como dito acima, integra os dados sobre os fornecedores e fabricantes, o que garante melhor relacionamento com esses fornecedores e garante a qualidade e entregas dentro do prazo.

Esse tipo de sistema auxilia também na manutenção do estoque, pois assegura a entrega da quantidade certa, no momento certo.

O SCM é composto pelos sistemas de gestão e controle comercial e da produção de suprimentos e componentes, conseguindo elaborar desde a previsibilidade de vendas, elaboração do inventário até as ações de redução de custos e despesas.

Sistemas de Informações Gerenciais e a sua empresa

Após ler esse artigo sobre os sistemas de informações gerenciais, você deve ter entendido a importância de contar com um sistema que armazene, trate e proporcione informações e dados de qualidade, fidedignos e de forma rápida.

Contar com um sistema de gestão e controle comercial e industrial, que reúne e concentra as informações gerenciais do seu negócio, além de melhorar muito seu relacionamento com os clientes, ainda potencializa e dinamiza o cotidiano operacional da sua empresa.

O melhor: permite que os decisores analisem as informações gerenciais para a tomada de decisão mais acertada no determinado momento.

Ter acesso rápido as informações gerenciais garantem a empresa eficiência e ganho exponencial de competitividade, fatores que serão determinantes para a sobrevivência e crescimento do seu empreendimento.

E tem mais: as micro e pequenas empresas precisam contar com um sistema de controle comercial e industrial que reúna as informações gerenciais com assertividade, para que o planejamento estratégico alinhe com exatidão as expectativas e possa traçar metas e planos que conduzam o negócio ao crescimento. 

Sistemas de controle não são apenas para empresas grandes!

Que tal conhecer o nosso Sistema de Controle Comercial e Industrial Know How, o software desenvolvido pela Principal Software, que garante a precisão das informações gerenciais em menos de 5 cliques!

Ficou com alguma dúvida? Nos mande uma mensagem!

Pedro Mendonça, aqui no Blog.

O que você achou deste conteúdo?
Conte nos comentários sua opinião sobre: Sistema de Informações Gerenciais: conheça os benefícios.


0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Soluções para gestão e automação comercial para organizar as rotinas de faturamento